Arte e Culturas

Arte, arqueologia, arquitetura, cidades, cultura, filosofia da arte, história e religião. Arte e Culturas é um website e canal no Youtube destinados ao estudo, ensino e divulgação de áreas do conhecimento relacionas às artes e culturas.

Youtube:https://www.youtube.com/channel/UCyt_MeX6W6O3wxIy3O52Nng

Acesse o linktree para mais detalhes:https://linktr.ee/estudioalbuquerque

Sobre o autor:

Pintor, desenhista, professor e escritor. Professor de Expressão Visual, Estudos Críticos: história, arte e cultura, História da Arte, Arquitetura e Urbanismo, Teoria e História do Design, Desenho de Observação, Plástica e Patrimônio Cultural no Centro Universitário UNA, na graduação de Arquitetura e Urbanismo, Design Gráfico, Design de Moda e Design de Interiores. Mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes – UFMG. Especialista em História da Arte pela PUC MG. Especialista em Ensino e Aprendizagem na Educação Superior pela Universidade da Finlândia e Instituto Ânima. Bacharel em Pintura pela Escola de Belas Artes – UFMG. Possui em seu currículo mais de 40 exposições artísticas e 3 livros publicados. É autor do website Arte e Culturas, disponível em: arteculturas.com e do website Marcelo Albuquerque, disponível em: artealbuquerque.com.

Website artístico: www.artealbuquerque.com

Formação acadêmica/titulação:
2013 – Mestre em Artes Visuais – Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.
2020 – Especialista em Ensino e Aprendizagem na Educação Superior – Universidade da Finlândia/Instituto Ânima.
2008 – Especialização em História da Arte – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
2003 – Graduação em Belas Artes, bacharel em Pintura – Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais.

Endereço para acessar este CV na plataforma Lattes:
http://lattes.cnpq.br/6577673306706533

Como citar artigos deste website – Exemplo:

ALBUQUERQUE, Marcelo. Paleopaisagens: a pré-história em Minas Gerais e no Brasil. Belo Horizonte, Janeiro de 2017. Disponível em: https://arteculturas.com/2017/02/18/paleopaisagens-a-pre-historia-em-minas-gerais-e-no-brasil/. Acesso em: dia (?), mês (?) e ano (?).

Textos, imagens e direitos autorais:

Os textos e as imagens (fotografias, obras de arte e ilustrações) do autor estão protegidas pelas leis de direitos autorais – Lei 9.610/98. Nenhuma parte deste website poderá ser reproduzida ou transmitida para fins comerciais, sem prévia autorização por escrito do detentor dos direitos. Ao citar este website em demais pesquisas acadêmicas, gentileza observar as instruções acima “Como citar artigos deste website – Exemplo”. Para maiores informações, envie e-mail para: estudioalbuquerque@icloud.com, ou acesse CONTATO.

Doações ao Arte e Culturas

Sua doação nos ajuda a criar novos conteúdos e permite que muitos sejam disponibilizadas gratuitamente. Caso não possa ajudar desta vez, não se preocupe, aproveite os conteúdos gratuitos e indique aos amigos e conhecidos!

Obrigado e volte sempre!

Um abraço,

Marcelo Albuquerque

Ou acesse: https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=NHWP5VLX8GZXE

Cor: referencias bibliográficas

ALBERTI, Leon Batista. Da pintura. Tradução de Antonio silveira Mendonça. Campinas: Editora Unicamp, 1999.

ALBERS, Josef. A interação da cor. São Paulo: WMFMartins Fontes, 2009.

ALBUQUERQUE, Marcelo. Cor: fundamentos artísticos e estéticos nas artes plásticas. 2020. Independently published. Disponível em: http://www.amazon.com. ISBN: 9798665295596. (https://amzn.to/2C047cs)

APOLLINAIRE, Guillaume. Pintores cubistas: meditações estéticas. Tradução de Sueli Tomazini Barros Cassal. Porto Alegre: L&PM, 1997. 82 p.

ARCHER, Michael. Arte Contemporânea. Uma História Concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

ARGAN, Giulio Carlo. Arte e crítica de arte. Lisboa: Editorial Estampa, 1998.

ARGAN, Giulio Carlo. Arte Moderna: do Iluminismo aos movimentos contemporâneos. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

ARGAN, Giulio Carlo. Clássico anticlássico: o renascimento de Brunelleschi a Bruegel. Tradução de Lorenzo Mammi. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

ARGAN, Giulio Carlo. Imagem e persuasão: ensaios sobre o barroco. São Paulo: Conpanhia das Letras, 2004.

ARGAN, Giulio Carlo. História da Arte Italiana: Da Antiguidade a Duccio. V. 1. São Paulo: Cosac & Naify, 2013.

ARGAN, Giulio Carlo. História da Arte Italiana: De Giotto a Leonardo. V. 2. São Paulo: Cosac & Naify, 2013.

ARGAN, Giulio Carlo. História da Arte Italiana: De Michelangelo ao Futurismo. V. 3. São Paulo: Cosac & Naify, 2013.

ARGAN, Giulio Carlo. Walter Gropius e a Bauhaus. Tradução de Joana Angélica d’Ávila Melo. Rio de Janeiro: José Olympio, 2005.

ARISTÓTELES. Arte poética. Tradução de Pietro Nassetti. São Paulo: Editora Martin Claret Ltda., 2007.

AUMONT, Jacques. A imagem. Campinas SP: Papirus. 1993.

BACHELARD, Gaston. A poética do Espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

BATCHELOR, David. Cromofobia. Tradução de Marcelo Mendes. São Paulo: Editora Senac São Paulo 2007.

BAUDELAIRE, Charles. Paisagem Moderna: Baudelaire e Ruskin. Introdução, tradução e notas / Charles Baudelaire, John ruskin e Daniela Kern; tradução de Daniela Kern. – Porto Alegre: Sulina, 2010. 246p.

BAZIN, Germain. História da história da arte. Tradução de Antônio de Pádua Danesi. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

BENEVOLO, Leonardo. História da Arquitetura Moderna. Tradução de Ana M. Goldberger. São Paulo: Perspectiva, 2004.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na época de seu reprodutibilidade técnica. In: Magia e Técnica, arte e política. Obras Escolhidas. Volume 1. São Paulo: Brasiliense, 1995.

BRANDI, Cesare. Teoria da restauração. Cotia: Ateliê, 2005.

BRITO, Ronaldo.  Neoconcretismo : vértice e ruptura do projeto construtivo brasileiro. São Paulo: Cosac & Naify, 1999. 2a. Ed.

BURCKHARDT, Jacob. A cultura do Renascimento na Itália. Brasília: Ed.UnB, 1991.

CAPDEVILA, Juan. A Arte Neoclássica. Coleção Saber Ver a Arte. São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora Ltda., 1991.

CAUQUELIN, Anne. Arte contemporânea: uma introdução. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT. Dicionário de símbolos: (mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras, cores, números). Rio de Janeiro: José Olympio, 2002.

CHING, Frank. Dicionário Visual de Arquitetura. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

CHIPP, Herschel Browning. Teorias da arte moderna. São Paulo: 1988.

CLARK, Kenneth. Paisagem na arte. Lisboa: Editora Ulisseia, 1961.

COMPAGNON, Antoine. Os Cinco Paradoxos da Modernidade. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010. 139p.

CURTIS, William J.R. Arquitetura moderna desde 1900. Porto Alegre: Bookman, 2008. 736p.:il.;24,5 cm.

DEMPSEY, Amy. Estilos, escolas e movimentos. Tradução: Carlos Eugênio Marcondes de Moura. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

DENVIR, B. O Impressionismo. Barcelona: Editorial Labor, 1976.

DICIONÁRIO OXFORD DE ARTE. Editado por Ian Chilvers; tradução Marcelo Brandão Cipolla; revisão técnica Jorge Lúcio de Campos. -3ª. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

DONDIS, Donis. Sintaxe da linguagem visual. Tradução de Jefferson Luiz Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 1997. – (Coleção a)

DROSTE, Magdalena. A Bauhaus. 1919-1933. Reforma e Vanguarda. Bremen: Taschen, 2006. 96 p.

FERREIRA, Glória; MELLO, Cecília Contrim de. (Org.) Escritos de artistas: anos 60/70. Tradução de Pedro Sussekind… et al. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2006.

FRAMPTON, Kenneth. História Crítica da Arquitetura Moderna. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

FRANCASTEL, Pierre. Arte e técnica. Tradução de Humberto D’Ávila e Adriano de Gusmão. Lisboa: Oficinas gráficas de livros do Brasil, 2000.

FRASER, Tom; BANKS, Adam. O guia completo da cor. São Paulo: Ed. Senac, 2007.

FRYE, Northrop. A imagem educada. Tradução de Adriel Teixeira, Bruno Geraidine e Cristiano gomes. Campinas: Vide Editorial, 2017.

GAGE, J. A cor na arte. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012.

GAGE, John. Color and Culture. New York: Little, Brown & Company, 1993.

GINSBURG, J. (Org.) O Classicismo. São Paulo: Perspectiva, 1999.

GINSBURG, J. (Org.) O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1999.

GOETHE, J. W. von. Doutrina das Cores. Apresentação, tradução, seleção e notas de Marco Giannotti. São Paulo: Nova Alexandria, 1993.

GOMBRICH, Ernst Hans. A história da arte. 16. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1999. 688 p.

GOMBRICH, Ernst Hans. Arte e ilusão: um estudo da psicologia da representação pictórica. Tradução de Raul de Sá Barbosa; revisão da tradução de Mônica Stahel. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2007.

GREENBERG, Clement. Arte e Cultura. São Paulo: Ática, 1996.

GULLAR, Ferreira. Etapas da arte contemporânea. Do cubismo à arte neoconcreta. Rio de Janeiro: Revan, 1999.0

HAUSER, Arnold. História Social da Arquitetura e da Arte. São Paulo: Mestre Jou, 1978.

ITTEN, Johannes. The Art of Color: the subjective experience and objective rationale of color. London: Van Nostrand Reinhold,  1970.

ITTEN, Johannes. The Elements of Color. London: Van Nostrand Reinhold,  1970.

KANDINSKY, Wassily. Curso da Bauhaus. São. Paulo: Martins Fontes, 2003.

KANDINSKY, Wassily. Do espiritual na arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001

KANDINSKY, Wassily. Ponto e linha sobre o plano. São Paulo: Martins Fontes, 2001

JANSON, H. W. História da Arte. Trad. Jefferson Luiz Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 2º. Edição, 1996.

KRAUSS, Rosalind. Os caminhos da escultura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

LANGER, Susanne K. Sentimento e forma. São Paulo: Editora Perspectiva, 1980.

LE CORBUSIER. O Urbanismo. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

LICHTENSTEIN, Jacqueline. A cor eloquente. Tradução de Maria Elizabeth Chaves de Mello e Maria Helena de Mello Rouanet. São Paulo: Siciliano, 1994.

LICHTENSTEIN, Jacqueline (Org.). A pintura. Textos essenciais. Vol.1: O Mito da Pintura. São Paulo: Ed. 34, 2004. 176p.

LICHTENSTEIN, Jacqueline (Org.). A pintura. Textos essenciais. Vol.2: A teologia da imagem e o estatuto da pintura. São Paulo: Ed. 34, 2004.  96p.

LICHTENSTEIN, Jacqueline (Org.). A pintura. Textos essenciais. Vol.4: O Belo. São Paulo: Ed. 34, 2004. 160p.

LICHTENSTEIN, Jacqueline (Org.). A pintura. Textos essenciais. Vol.5: Da imitação à expressão. São Paulo: Ed. 34, 2004.  96p.

LICHTENSTEIN, Jacqueline (Org.). A pintura. Textos essenciais. Vol.7: O paralelo das artes. São Paulo: Ed. 34, 2004. 136p.

LICHTENSTEIN, Jacqueline (Org.). A pintura. Textos essenciais. Vol.9: O Desenho e a Cor. São Paulo: Ed. 34, 2004. 152p.

MATISSE, Henri. Escritos e reflexões sobre arte: Henri Matisse. Seleção de textos, notas e bibliografia: Dominique Fourcade. Tradução de Denise Bottmann. São Paulo: Cosac & Naify, 2007. 400 pp.; 61 ils.

MERLEAU-PONTY, Maurice; LEFORT, Claude; TASSINARI, Alberto. O olho e o espírito; seguido de, A linguagem indireta e as vozes do silêncio e A dúvida de Cézanne. São Paulo: Cosac & Naify, 2004. 166 p.

NAVES, Rodrigo. A forma difícil: ensaios sobre arte brasileira. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

O’DOHERTY, Brian. No interior do cubo branco: A ideologia do Espaço da Arte. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

PANOFSKY, Erwin.  Arquitetura gótica e escolástica: sobre a analogia entre arte, filosofia e teologia na Idade Média. Tradução de Wolf Hörnke. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

PANOFSKY, Erwin.  Idea: a evolução do conceito de belo. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

PANOFSKY, Erwin.  Significado nas artes visuais. Tradução de Maria clara F. Kneese e J. Guinsburg.  São Paulo: Perspectiva, 2011.

PASTOREAU, Michel. Dicionário das Cores do Nosso Tempo. Lisboa: Editorial Estampa, 1997.

PASTOUREAU, Michel. Preto: História de uma cor. Tradução de Lea P. Zylberlicht. São Paulo: Editora Senac São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

PEDROSA, Israel. Da cor à cor inexistente. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2010. 256p.

PEVSNER, Nikolaus. Academias de Arte: passado e presente. Tradução de Vera Maria Pereira. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

PEVSNER, Nikolaus. Origens da arquitetura moderna e do design.  São Paulo, Martins Fontes, 2001.

PEVSNER, Nikolaus. Panorama da arquitetura ocidental. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

PISCHEL, Gina. História Universal da Arte. São Paulo: Melhoramentos, 1966.

PLATÃO. Diálogos III: A república. Tradução de Leonel Vallandro. Rio de Janeiro: Ediouro, 1981.

PLATÃO. Timeu-Crítias. Tradução de Rodolfo Lopes. Coimbra: Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 2011.

PORTOGHESI, Paolo. Depois da arquitetura moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

PURVIS, Alston W. e MEGGS, Philip B. História do Design Gráfico. Cosac e Naif, 2009.

READ, Herbert Edward. Escultura Moderna. Uma História concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

RIBEIRO, Marília Andrés. Neovanguardas: Belo Horizonte anos 60. Belo Horizonte: C/ARTE, 1997.

RIBEIRO, Marília Andrés; SILVA, Fernando Pedro da. (Org.). Um Século de História das Artes Plásticas em Belo Horizonte. Belo Horizonte: C/Arte: Fundação João Pinheiro/Coleção Centenário, 1997.

SANTA CECÌLIA, Bruno Luiz Coutinho. Éolo Maia: Complexidade e Contradição na Arquitetura Brasileira. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006. 207 p.

SANTOS, Jair Ferreira dos. O que é Pós-moderno. São Paulo: Brasiliense, 2005. – – (Coleção Primeiros Passos); 165)

SCHAMA, Simon. O poder da arte. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

SCHAMA, Simon. Paisagem e memória. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. 645 p.

SCHURIAN, Walter. Arte Fantástica. Colônia: Taschen, 2005.

SCRUTON, Roger. Beleza. São Paulo: Ed. Realizações, 2013.

SCRUTON, Roger. Estética da arquitectura. Lisboa: Edições 70, 1979.

STANGOS, Nikos. Conceitos da Arte Moderna. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1994. 306p.

VAN GOGH, Vincent.  Cartas a Theo. Tradução de Pierre Ruprecht. Porto Alegre: L&PM, 1991. 298 p.

VENTURI, Robert. Aprendendo com Las Vegas: o simbolismo (esquecido) da forma arquitetônica. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

WALTHER, Ingo F. (dir.); FEIST, Peter H.; BISMARCK, Beatrice von; BLÜHM, Andreas; MUNK, Jens Peter, SAGNER-DÜCHTING, Karin. O Impressionismo. Colônia: Taschen, 2006.

WITTGENSTEIN, Ludwig. Anotações sobre as cores. Lisboa: Edições 70. s/d

WOLF, Norbert. A Pintura da Era Romântica. Lisboa: Taschen, 1999.

WOLF, Tom. A Palavra Pintada. Porto Alegre: L&PM, 1987. 120p.

WÖLFFLIN, Heinrich. Conceitos fundamentais da história da arte. 3. ed. São Paulo, Martins Fontes, 1996.

ZEVI, Bruno. Saber ver a arquitetura. Tradução de Maria Isabel Gaspar, Gaëtan Martins de Oliveira. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

Referências bibliográficas do Brasil

Brasil: História da arte, arquitetura, cultura, design, História, filosofia, etc.

ALBUQUERQUE, Marcelo; SORIA, P. C. História da Arte, Arquitetura e Urbanismo: da pré-história ao século XIX. Blumenau: SOCIESC, 2018, v.1. p.253.

ALBUQUERQUE, Marcelo. História da Arte, Arquitetura e Cidades: ensino e aprendizagem através da Sala de Aula Invertida. IN: VILAÇA, Leonardo D.; SANTOS, Thaís C. A. (Org.). Alinhamento Construtivo na Prática. Belo Horizonte: Ed. Letramento, 2020. 334 p.

ALBUQUERQUE, Marcelo. Cor: fundamentos artísticos e estéticos nas artes plásticas. 2020. Independently published. Disponível em: http://www.amazon.com. ISBN: 9798665295596. (https://amzn.to/2C047cs)

ALBUQUERQUE, Marcelo. Roma: para artistas, arquitetos e viajantes. Independently published. Disponível em: http://www.amazon.com. ISBN: 9798676636227. (https://amzn.to/3aQ6FXv).

AMARAL, Aracy A. Artes plásticas na Semana de 22: subsídios para uma história da renovação das artes no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 1970.

AS MINAS SETECENTISTAS. Organizadores: Maria Efigênia Lage de Resende e Luiz Carlos Villalta. Belo Horizonte: Autêntica; Companhia do Tempo, 2007. 2 volumes.

BRITO, Ronaldo.  Neoconcretismo : vértice e ruptura do projeto construtivo brasileiro. São Paulo: Cosac & Naify, 1999. 2a. Ed.

ÁVILA, Afonso (Org). Barroco Mineiro glossário de arquitetura e ornamentação. 3ª ed. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro. Centro de Estudos Históricos e Culturais, 1996.

ÁVILA, Afonso. Introdução ao Barroco Mineiro. São Paulo: Nobel, 1984.

BASTOS, Maria Alice Junqueira; ZEIN, Ruth Verde. Brasil: arquiteturas após 1950. São Paulo: Perspectiva, 2015.CAMPOS, Adalgisa Arantes. Introdução ao Barroco Mineiro: cultura barroca e manifestações do rococó em Minas Gerais. Belo Horizonte: Crisálida, 2006.

BORGES, Vavy Pacheco. O que é história? São Paulo: Brasiliense, 2013 (Coleção Primeiros Passos; 17).

COUTO, Jorge. A construção do Brasil. Rio de Janeiro: Forense, 2011.

CUNHA, José Celso da. A História das Construções, 4 volumes. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

FERREIRA, Glória; MELLO, Cecília Contrim de. (Org.) Escritos de artistas: anos 60/70. Tradução de Pedro Sussekind… et al. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2006.

FRANÇA, Júnia Lessa. Manual para normalização de publicações. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2007.

GULLAR, Ferreira. Etapas da arte contemporânea. Do cubismo à arte neoconcreta. Rio de Janeiro: Revan, 1999.0

HOLLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. Brasília: Ed. Da UNB, 1963.

LEGISLAÇÃO SOBRE MUSEUS. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2012. 157 p. – (Série Legislação; n. 79)

LEMOS, Carlos A. C. O que é arquitetura. São Paulo: Brasiliense, 2014. – (Coleção Primeiros Passos; 290).

NAVES, Rodrigo. A forma difícil: ensaios sobre arte brasileira. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

OLIVEIRA, Myrian Andrade Ribeiro de. História da arte no Brasil: textos de síntese. /Myrian Andrade Ribeiro de Oliveira, Sonia Gomes Pereira e Angela Ancora da Luz. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2010.

OLIVEIRA, Myrian Andrade Ribeiro de. O Rococó religioso no Brasil e seus antecedentes europeus. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

OSTROWER, Fayga. Universos da arte. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1978.

OSTROWER, Fayga. Acasos e criação artística. Rio de Janeiro: Campus, 1990.

PEDROSA, Israel. Da cor à cor inexistente. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2010. 256p.

PRETTE, Maria Carla. Para entender a arte: história, linguagem, época, estilo. São Paulo: Editora Globo, 2008.

PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Ed. Ática, 2010.

PROUS, André; BAETA, Alenice Motta; RUBBIOLI, Ezio. O patrimônio arqueológico da região de Matozinhos: conhecer para proteger. Belo Horizonte: Ed. autor, 2003.132 p.

ROLNIK, Raquel. O que é Cidade? São Paulo: Círculo do livro, sem data. (Coleção Primeiros Passos).

SALGUEIRO, Heliana Angotti (Org.). Paisagem e arte: a invenção da natureza, a evolução do olhar. São Paulo: H. Angotti Salgueiro, 2000.

SANTA CECÌLIA, Bruno Luiz Coutinho. Éolo Maia: Complexidade e Contradição na Arquitetura Brasileira. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006. 207 p.

SANTOS, Jair Ferreira dos. O que é Pós-moderno. São Paulo: Brasiliense, 2005. – – (Coleção Primeiros Passos); 165)

SCHWARCZ, Lilian Moritz. O sol do Brasil: Nicolas-Antoine Taunay e as desventuras dos artistas franceses na corte de d. João. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

TEIXEIRA, Carlos M. Em obras: história do vazio em Belo Horizonte. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1999.

VASCONCELOS, Silvio. A arquitetura colonial mineira. Belo Horizonte: UFMG,1979.

VASCONCELOS, Silvio. A arquitetura no Brasil: sistemas construtivos. Belo Horizonte: UFMG,1979.

ZANINI, Walter (org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Fundação Djalma Guimarães: Instituto Walther Moreira Salles, 1983.